Quem sou eu

Minha foto
Salvador, Bahia, Brazil
Um caminho de luta sindical

terça-feira, outubro 21, 2014

Time de luta e de sorte


Um time para ser campeão tem que ter disciplina e sorte. Na rodada do último sábado (17) do Campeonato de Futebol do Servidor Municipal, a nossa equipe foi beneficiada pela ausência do adversário. Resultado: WO.

Para não perder tempo e apurar a técnica, a equipe se dividiu e aproveitou para fazer um treinamento com situações reais de jogo.

Vamos continuar entrando em campo para defender nossa categoria e contamos com sua presença na torcida.


terça-feira, outubro 14, 2014

Chegou na CMS: Mensagem do Executivo traz texto da gratificação e do avanço de nível

Valeu lutar junto aos verdadeiros representantes da nossa categoria. Quem não acreditou que seríamos vitoriosos nesta batalha, não conhece a nossa força de lutar.

Vamos agora mostrar nossa mobilização na Câmara de Vereadores para exigir a votação da Mensagem e ver os efeitos financeiros em nossos contracheques.

Não adiantará que alguns queiram se apropriar da luta coletiva, pois quem sempre defendeu nossos interesses, a categoria sabe reconhecer e dar crédito.

A disputa eleitoral não foi motivo para que a luta diminuísse. Estivemos atentos em todos os momentos, pois a categoria sempre merece nossa atenção, independente da situação.

Clique e confira a Mensagem Nº 19/2014 e faça suas considerações. Ajude a defender mais essa conquista de nossa categoria.

quarta-feira, outubro 08, 2014

Seguiremos construindo novos caminhos em nossa luta

Acompanhe a ação de nossos integrantes junto a categoria. Nossa mobilização continua construindo novos caminhos na luta dos trabalhadores e trabalhadoras. Clique aqui

sábado, outubro 04, 2014

ACS: 04 de Outubro é dia de afirmação de nossa luta por dignidade e respeito


O Movimento Frente da Transparência (MFT) tem sido um grupo dedicado e aguerrido na defesa dos agentes de saúde. Nossa ação é reconhecida pela categoria que tem ofertado confiança em nosso trabalho.

A data 04 de outubro é muito simbólica, pois traz consigo, as lutas protagonizadas pelos agentes comunitários de saúde em todo o Brasil, especialmente na capital baiana.

Sempre que as batalhas começavam, a linha de frente era formada pelos nossos e nós do MFT temos orgulho de dizer que éramos esses combativos soldados. 

Ainda buscamos muito para poder comemorar, pois muito nos falta. Alguns acreditam que apenas a implantação do Piso Salarial é o fim desta guerra por dignidade e respeito. Engana-se quem assim pensa, Nosso querer tem que ser muito mais amplo e a ressonância de nossa voz tem que ser ouvida na sociedade.

Uma categoria profissional que cuida da cidade onde atua, que zela como se fosse a sua família, que antecede aos atendimentos médicos e colabora na saúde coletiva e preventiva, sim, somos nós, agentes comunitários de saúde.

Dedicados que somos, leais aos princípios humanos e respeitadores dos nossos deveres e dos direitos do cidadão. sim, somos nós, agentes comunitários de saúde.

Homens, mulheres, pais, mães, filhos e filhas, sim, somos nós, agentes de saúde.

Merecemos respeito, valorização e reconhecimento de todos aqueles que interagem com nosso trabalho. A sociedade sabe do valor de nosso papel, pois vivencia diariamente nossas dificuldades para prestar um bom serviço. Resta que as organizações políticas e sindicais assim se comportem em nossa defesa.

A ação social do Movimento Frente da Transparência continuará de maneira contundente para representar os anseios desta categoria e não descansará enquanto novos avanços acontecerem, pois devemos refletir acerca da nossa atual condição. Não somos pregadores da insatisfação, somos entusiastas de um presente digno e um futuro protegido pela afirmação de direitos profissionais.

Neste dia 04 de outubro, vamos comemorar a nossa batalha de todos os outros dias do ano, vamos comemorar o nosso empenho diário, vamos celebrar a nossa dedicação, vamos espalhar a nossa mensagem contra o conformismo e a inércia governamental. Vamos oferecer a nossa afirmação de continuar lutando pelas nossas causas e dizer que sim, nós somos agentes comunitários de saúde e com muito orgulho de nossa profissão.

Nossa homenagem a todos vocês!

Movimento Frente da Transparência


terça-feira, setembro 30, 2014

Situação da categoria é abordada em programa de rádio em Salvador


A luta dos agentes de saúde de Salvador foi destaque no programa "Informa Salvador", na rádio 88FM. 

A situação em que vivemos em nossa jornada diária foi apontada no quadro "Momento do Servidor" que acontece neste programa.

Vamos acompanhar e comentar. Clique aqui e confira.


sábado, setembro 27, 2014

MFT segue na jornada em defesa dos agentes de saúde


O Movimento Frente da Transparência continua mobilizado junto ao servidor municipal. Nossos integrantes estão percorrendo vários P.A.'s e estreitando ainda mais a relação com os trabalhadores e trabalhadoras.

A intenção desses encontros é promover a interação e a defesa de direitos dos agentes de saúde de nossa cidade e também do interior do estado. 

Várias sugestões estão surgindo para incrementar a nossa luta pela implantação do Piso Salarial Nacional, bem como em relação às outras demandas da categoria, como fardamento, ponto de apoio e equipamentos de trabalho e proteção individual.

Na segunda-feira (22), a nossa companheira Edna Maria esteve com os colegas da região de Valéria I e II e da Lagoa da Paixão. A recepção foi calorosa e reafirmou nossa convicção de continuar seguindo nossa meta de visitar todos os P.A.'s da cidade, ouvindo sugestões, críticas, queixas e observações de quem está diariamente na labuta.

Podemos notar nesta visitas, que o servidor busca informações precisas, pois continua sendo bombardeado com boatos e invencionices que prejudicam o entendimento sobre nossa carreira e confundem o trabalhador.

Reiteramos que não compactuamos com situações fantasiosas ou incertezas ditas como verdades, pois queremos sempre carregar a marca da transparência em nossas ações e declarações. Sempre levaremos a mensagem da realidade e promessas somente de lutar e representar a categoria com honra e dedicação.

"Sempre que nosso grupo for chamado, nós iremos para ouvir o trabalhador. Não deixaremos espaços para dúvidas e boatos. Se o nosso colega quiser luta com transparência, tenha a certeza de que seremos esse porto seguro. Se a categoria quiser lealdade e compromisso, seremos esse braço amigo. O Movimento Frente da Transparência tem prezado pela qualidade de suas ações e assim seguirá, pois o agente de saúde tem reconhecido quem trabalha com dignidade em seu favor", disse Edna Maria após a reunião na Associação de Moradores de Valéria.

Se você quer a visita de nosso grupo, entre em contato em nosso blog ou com Edna Maria pelo (71) 99852510. Use também o nosso perfil no Facebook, clicando aqui .

quinta-feira, setembro 25, 2014

Grupo de trabalho vai regulamentar Lei dos Agentes Comunitários de Saúde

O Ministério da Saúde (MS) criou um grupo de trabalho com representantes do governo federal, estados e municípios para trabalhar na regulamentação da Lei 12.994/2014 que fixa o piso salarial para agentes comunitários de saúde.

A Portaria 1.833/2014 que cria o GT foi publicada no dia 03 de setembro, no Diário Oficial da União (DOU).

A Lei 12994/2014, sancionada pela Presidência da República em junho, garante o valor mínimo de R$ 1.014 a todos os agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, vinculados à União, aos estados e aos municípios, que cumpram jornada de 40 horas semanais.

O Grupo de Trabalho terá inicialmente cinco atribuições. A primeira é propor diretrizes para implementação da Lei além e dispor parâmetros sobre a quantidade máxima de agentes passível de contratação em função da população e peculiaridades locais.

As outras três atribuições são apresentar tipologia de vínculos de trabalho para a contratação dos agentes, propor mecanismos de monitoramento do modo de contratação dos agentes e selecionar critérios para a concessão do incentivo financeiro da União.  

A Portaria estipula prazo de 90 dias para que o GT apresente uma proposta regulamentária da Lei.

O Grupo será coordenado pela Secretaria de Atenção à Saúde (SAS) do Ministério da Saúde, e composto por um membro titular e um suplente das seguintes instituições: Secretaria Executiva; Consultoria Jurídica (CONJUR); Secretaria de Atenção à Saúde (SAS); Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS); Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES); Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS); Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS); e da Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa (SGEP). As informações são do Portal Federativo.